#8 Post Especial: Entrevista com Renan Kieski, autor de "Minha Bela Droga Vida".



     Hey galera! Faz um tempo que não posto nada de diferente no blog, mas faz algum tempo que estava preparando algo novo para vocês. Tive o prazer de conhecer um rapaz chamado Renan Kieski. Apesar de não ser tão conhecido, ele é dono e administrador da página Diz que é Fã de Jogos Vorazes e organiza eventos super legais em Curitiba com o tema de Jogos Vorazes e do universo literário em geral.
    Descobri também que este belo fã de Jogos Vorazes é escritor, e está no seu primeiro livro intitulado de "Minha Bela Droga Vida" como diz o título desta postagem. Para apreciação de vocês, vou trazer um pouco da biografia dele e a entrevista que fizemos. Já agradeço ao Renan, pois foi um prazer entrevista-lo e saber mais sobre ele e seu livro que promete ser uma grande obra!
Vamos lá!!!



Mini Biografia do Renan ^^








Renan Cordeiro Kieski, nascido (em 25/09/1997,) e criado em Curitiba, escritor desde os 13 anos, viciado em leitura, filmes, e o mundo do cinema, iniciando a faculdade de Publicidade e Propaganda neste ano de 2015.



Instagram: @renan2509









ENTREVISTA O/




Diário de uma escritora- O que te inspirou a escrever o livro?
Renan Kieski- Eu falo de coisas boas e ruins, acho que a inspiração veio por estar solteiro por muito tempo, daí comecei a escrever e não consegui mais parar.

DDUE- Porque escreveu?
RK- Escrevi inicialmente só por escrever, não estava com a ideia de um livro na cabeça, mas não consegui parar e terminei com 369 folhas.

DDUE- Como foi o processo de escrita?
RK- Como o livro é inspirado em minha vida então falo de meus amigos e em alguns acontecimentoa, reunia meus amigos para relembrar e ás vezes ouvia música, mas sou tranquilo para escrever.

DDUE- Já pensou em parar?
RK- Sim, porque ás vezes penso que não vai fazer sucesso, mas sempre tenho pessoas para me dar apoio e continuar por elas.

DDUE- Criou uma "trilha sonora" pessoal enquanto escrevia?
RK-Acho que a trilha sonora de ACDE (A culpa é das estrelas), Boom Clap, algumas músicas tristes, a música que a Lorde fez para A Esperança parte 1 cairia bem em algumas partes e algumas músicas animadas ao som de violão.

DDUE- Alguém te ajudou no processo?
RK- Para a história não, mas recebi dicas de  escrita alguns professores da escola, de física, português e filosofia, mas agora que sai da escola e vou para a faculdade, uma das professoras, a Sandra (PUC) que corrige a s provas do vestibular está corrigindo meu livro.

DDUE-Como fez para publicar?
RK- A Sandra que trabalha numa editora achou o livro maravilhoso e disse que iria indicar o meu livro para os "chefões" o que aumenta as chances.

DDUE- Como planeja a divulgação?
RK- Não sei, talvez pela página do livro no Facebook, no meu perfil pessoal também e na minha página do Jogos Vorazes. E também se for publicado, terá um evento de lançamento aqui em Curitiba, onde estará vendendo e eu dando autógrafos.

DDUE- E como organiza seus eventos? Sozinho?
RK- Eu faço parte de um grupo de eventos em Curitiba, sempre fazemos eventos de sagas e séries aqui. Cada evento tem umas 200/250 pessoas, o nosso record foi de 300 pessoas em um evento de  A culpa é das estrelas.

DDUE- Quais são suas expectativas com seu livro?
RK- Não penso em ganhar dinheiro, só quero que as pessoas vejam como me esforcei e quero muito que se reconheçam com a história do meu livro, que gostem, comentem e tudo o mais. O dinheiro e a fama é apenas um brinde.

DDUE- Um dia você imagina ser muito reconhecido? Como ganhar algum prêmio?
RK- Eu acho que não, mas vai saber? Suzanne Collins também começou escrevendo palavra por palavra. Porque eu também não posso?: Tudo depende de fé e Deus. Sempre Deus em primeiro lugar.

A  entrevista acaba aqui, espero que tenham gostado assim como eu amei. Te desejamos muito sucesso Renan, você merece!


Sinopse do livro: 


“Às vezes as coisas acabam piorando, e às vezes melhorando. Nós nunca sabemos o que vem em seguida. O único jeito de descobrir é nos jogando de cabeça nas situações que aparecem de repente em nossa vida. Se ficarmos parados, nunca iremos sair do lugar. Parece ser uma coisa óbvia. Claro que se ficarmos parados não sairemos do lugar, mas ao mesmo tempo isso faz todo o sentido.”

Reynold está prestes a passar por uma fase de muitas mudanças. O Ensino Médio. Época da vida onde todos os adolescentes precisam enfrentar diversos tipos de problemas. Tudo parece ocorrer bem em seu primeiro dia, até que Rey se apaixona por Kate, uma garota de sua sala. Será que ele conseguirá ter uma relação saudável? Se nada der certo, será que conseguirá se recuperar e seguir sua vida? E se tudo acabar, o que virá depois? Pois como sabemos, a vida não termina junto de um relacionamento. Embarque nesta incrível aventura cheia de emoção e drama adolescente, em Minha Bela Droga Vida.

(Página do livro n oFacebook: https://www.facebook.com/minhabeladrogavida/info?tab=page_info)







0 comentários