#4 Coluna da Marielle: Fabrício (capítulo 4)









    Clarisse não quis tocar no assunto, apenas chorava em silêncio. Elas passaram a noite falando mal de Fabrício e comendo sorvete, pois Jane sabia que aquilo aliviaria a dor da amiga momentaneamente. Em nenhum momento ela falou do beijo com Fabrício.
- Clarisse, eu juro para você, ele vai pagar. Bem caro.
- Eu já nem quero mais pensar nisso Jane. Sei que você é bem vingativa quando quer, mas sei lá.
No fundo Jane sabia que Clarisse ainda gostava muito do idiota que acabara de partir seu coração.



    Na segunda feira seguinte, Clarisse decidiu ficar de molho em casa, e Jane foi para a escola, pensando em como colocar seu plano em ação e sem ter certeza de se e como faria isso. Mas depois do período de aulas,quando foi na biblioteca para devolver alguns livros e pegar outros, encontrou Fabrício na sessão de Ficção.
- Jane, oi, como vai?
- Melhor se você não estivesse aqui.
- Eu já pedi desculpas pela sua amiga, não sabia que ela gostava de mim.- ele sorria sedutoramente para Jane, mas ela nem abalou sua expressão.
- Desculpas não ajudam.- ela passou por ele indo na direção dos livros de Júlio Verne, mas antes que ela pudesse pegar um exemplar de "Volta ao mundo em 80 dias", Fabrício se aproximou, fazendo com que as costas de Jane encostassem na estante de trás.
-Eu falei sério sobre minhas desculpas, e muito sério quando disse a ela que gosto de você. Tem algo no seu jeito que mexeu comigo.- o olhar dele prendia o dela.
-E eu falei sério sobre não ser garota para você.- Jane disse no ouvido de Fabrício, se lembrando de algo que Clarisse dissera sobre isso deixar um cara louco. Mas em seguida empurrou-o, dizendo:
-Não ache que sou uma das suas fãs que vão acreditar no que quiser, você vai precisar de mais que isso.- Jane pegou o livro, saindo dramaticamente.

0 comentários