#Coluna da Marielle: Fabrício (Capítulo 7)



   No dia seguinte, Jane continuou isolada. Fabrício a encontrava todo o dia após a escola no parque e permanecia em silêncio segurando sua mão.
  No sábado Jane estava largada na sua cama, com seu bloco de cartas de folhas lilás, tentando escrever uma carta de desculpas para Clarisse, a amiga amava coisas do tipo, e ela queria muito recuperar a amizade. Quando terminou, colocou num envelope com um adesivo de flores e colocando sua jaqueta e pegando sua bolsa saiu, com o pensamento de ir para a casa de Clarisse.
   Ao andar alguns passos, viu a casa da amiga e sentiu medo. Será que Clarisse ao menos leria a carta?
   Jane se aproximou e quando terminava de colocar a carta na caixa de correio, Clarisse apareceu.
-Ah, Oi. - Jane disse constrangida.
-O que é isso? - ela disse pegando o envelope e virando.
-É uma carta, um pedido de desculpas. Como está me evitando, achei que pudesse tentar este contato.
   Clarisse abriu a carta e a leu por um tempo que pareceu a eternidade. Quando terminou, Clarisse disse:
-Eu fiquei bastante chateada com você mas pensei por um tempo. Percebi que não estava tão afim do Fabrício, foi uma paixonite meio obseciva.  Mas principalmente pensei que não quero perder minha melhor amiga por causa de um cara, mesmo meio chateada dele ter ficado apaixonado por ela.
-Então você me perdoa?- Jane torceu as mãos nervosa.
-Com certeza. - ela disse abraçando a amiga, ambas chorando um pouco.

0 comentários